Presidente do PSDB defende que haja uma limpeza dentro do partido

888

Com todos os acontecimentos envolvendo presidente nacional, até esta quinta-feira (18), do PSDB, o senador Aécio Neves, o presidente estadual do partido na Paraíba, Ruy Carneiro, se pronunciou defendendo que seja feita uma limpeza dentro do grupo partidário. Nessa quarta-feira (17), foi divulgada delação da JBS em que o senador Aécio é apontado de receber a quantia de R$ 2 milhões.

O tucano defende seja feita uma limpeza dentro do partido. “Conversei com alguns colegas e nós temos que, logicamente depois de todas as apurações, se necessário, e me parece que será, fazer uma depuração partidária. Não adianta os partidos no Brasil quererem estar enganando os eleitores, trocando uma sigla para um nome”.

Ruy ressalta que sua opinião é que todos os envolvidos sejam punidos, independente de quem for. “Nós defendemos punição ao pessoal do Petrolão, do Mensalão e agora nossa posição é a mesma, que seja analisado esses casos o mais rápido possível. Que haja punição, se for o caso prisão, se for o caso perda de mandato e isso serve para qualquer pessoa, de qualquer partido, inclusive do meu.

Em relação a presidência do Brasil, o tucano reconhece a crise e que momento é importante para um futuro promissor. “O Brasil está sendo passado a limpo, isso gera crise, gera até um atraso no crescimento econômico, mas é o preço que nos temos que pagar hoje, pelas relações futuras”.
Blog do Gordinho