Temer discute dívida dos estados com o BNDES em jantar no Alvorada

1000

O presidente Michel Temer ofereceu na noite desta terça-feira (13), no Palácio da Alvorada, um jantar a governadores e vice-governadores de diversos estados, além de ministros, parlamentares e presidentes de bancos públicos (saiba quem esteve presente ao encontro ao final desta reportagem).

A assessoria de Temer não informou o que será discutido no encontro, mas, segundo a GloboNews, um dos temas do encontro é a liberação de crédito aos estados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Há pouco mais de duas semanas, a então presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos, pediu demissão. De acordo com a GloboNews, ela sofria pressão de empresários e do governo para liberar créditos.
Após a saída de Maria Silvia, Temer nomeou o economista Paulo Rabello Castro como novo presidente do BNDES – ele comandava o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e participou do encontro no Alvorada.

Segundo apurou o G1, o governador do Goiás, Marconi Perillo (PSDB), foi o principal encarregado de convidar os demais governadores para o encontro.

Discurso

A assessoria de imprensa da Presidência divulgou na noite desta terça o discurso de Temer aos governadores durante o jantar. No pronunciamento, o presidente pregou um “caminho que seja saudável para os estados e que também não seja prejudicial para o BNDES e para a União”.

De acordo com o presidente, o novo presidente do banco público fará um estudo preliminar sobre o refinanciamento da dívida dos estados.
“Eu apreciaria muito que nós todos pudéssemos ter também uma solução para a questão do BNDES. Há dívidas lá que são garantidas pela União, têm um determinado tratamento, e dívidas não garantidas pela União, que têm outro tratamento”, declarou o presidente.

G1