IPHAEP aprova tombamento do Casarão de São José de Espinharas

678

O Casarão São José, na Avenida Getúlio Vargas, em São José de Espinharas, município localizado na Região Metropolitana de Patos , foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Estado da Paraíba (IPHAEP). A decisão foi tomada pelo Conselho de Proteção dos Bens Históricos Culturais do Estado, em sessão realizada no último dia 26 de julho e atende reivindicação feita pelo deputado estadual Nabor Wanderley (PMDB), através de requerimento aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado.

O tombamento do Casarão da antiga Fazenda São José, de São José de Espinharas, será agora encaminhado para homologação pelo governador Ricardo Coutinho e publicação no Diário Oficial do Estado.

O Conselho do IPHAEP reconheceu o valor histórico e arquitetônico do Casarão, integrante do espólio do ex-deputado estadual Múcio Sátiro, uma vez que a partir dele teve origem o núcleo urbano do município de São José de Espinharas.

O deputado Nabor Wanderley comemorou a decisão do IPHAEP e anunciou que sua luta agora será no sentido de conseguir a restauração do Casarão da Fazenda São José e transformá-la num museu com toda história do local que já funcionou como senzala, cadeia pública e faz parte do imaginário dos cidadãos residentes no município de São José de Espinharas.
Nabor relata que o Casarão está em estado de abandono, com teto desabando, janelas arrancadas, portas quebradas, matagal destruindo paredes e vândalos contribuindo para destruir o patrimônio histórico do povo de São José de Espinharas.

“O Casarão tem resistido bravamente em um tempo que as construções eram feitas para durar, mas o destino é perverso quando se está sujeito às intempéries dos anos que passam e agora com o tombamento iremos lutar pela sua restauração e assim trazer de volta e imortalizar uma parte da rica história do município de São José de Espinharas”, reforça o deputado Nabor Wanderley.

Folha Patoense com Edmilson Pereira – Paraiba Noticia