Jornalista Marcos Oliveira é assaltado na capital

703

Um fato triste e lamentável foi registrado com o jornalista patoense Marcos Oliveira na tarde deste domingo, dia 27 de agosto, na Praia do Bessa em João Pessoa. Marcos foi fazer uma visita ao cunhado, Carlos Caboclo (que passa por tratamento de saúde), quando juntamente com sua esposa, cunhadas e primas, foram atender um pedido de Carlos e levaram o mesmo para ver o mar, e pisar na areia da Praia.

A família foi em dois veículos, estacionaram os mesmos nas proximidades do Fulanos Bar e Gofinhos Bar, e se dirigiram a praia, O grupo se dividiu em dois. Marcos, a esposa (Rozenilda), Carlos (paciente) e a prima de Carlos e de Rozenilda, e anfitriã, Francisca Bezerra (Chiquinha). De repente, três homens magros, de cara limpa, se aproximaram do jornalista e anunciaram o assalto. O grupo não respeitou se quer, Carlos, que neste momento era aparado no colo da irmã Rozenilda.

Os três assaltantes gritaram que era um assalto e começaram a recolher os pertences das vítimas. Foram levados, relógios, alianças (de Marcos e Rozenilda), celulares e outros pertences. O jornalista foi o único a ser revistado pelos bandidos. O Episódio durou apenas alguns segundos, mas o suficiente para deixar as mulheres aterrorizadas.

A cena foi presenciada por um vigilante de um dos edifícios locais, que conseguiu memorizar a suposta placa do veículo dos bandidos, um Focus Preto, de placas – EBE 1559.

Na foto é possível observar a família momentos antes de ser assaltada.

O crime foi registrado na Delegacia Online da Polícia Civil da Paraíba, sob o Protocolo nº 63421.01.2017.0.00.704, às 12h40m.

A família se recolheu rapidamente na residência da Prima Francisca, e lamentou profundamente o fato.

Patosonline.com