PRF espera um aumento de 20% no fluxo de veículos nas BRs da PB no feriadão da Independência

622

A malha rodoviária federal da Paraíba (1.215 km) vai ser fiscalizada com mais rigor no feriadão de 7 de setembro. A Operação Independência do Brasil de 2017, será deflagrada nesta quarta-feira (6) pela Polícia Rodoviária Federal a partir de 00h00 até às 23h59 do domingo (10).

As BR 101 e 230, que são as duas maiores rodovias federais de trânsito de veículos no Estado, vão receber uma atenção especial com realização de patrulhamento móvel, até o uso de motocicletas..
A PRF acredita que o feriado prolongado deste ano, aumente no fluxo de veículos em torno de 20% com relação à média dos dias normais. De acordo com os policiais, a preocupação redobra no início da noite da quarta-feira e na manhã de quinta-feira quando muita gente deve pegar a estrada, tanto com destino ao interior, quanto para a capital paraibana, principalmente para as regiões de praias, além do retorno durante a tarde e início da noite do domingo (10).

O alvo da fiscalização são o excesso de velocidade, uso do cinto de segurança, alcoolemia ao volante, ultrapassagens proibidas envolvendo motocicletas ou ciclomotores e condições de conservação do veículo.

Haverá restrição no trânsito em rodovias de pista simples das Combinações de Veículos de Cargas (CVC), portando Autorização Especial de Trânsito (AET), de Combinações de Transporte de Veículos (CTV) e Combinações de Transporte de Veículos e Cargas Paletizadas (CTVP), portando ou não a AET, bem como o trânsito dos demais veículos portadores de AET, na quinta-feira (7), entre 06h00 às 12h00 e no Domingo de 16h00 às 22h00.

Dicas para quem vai pegar a estrada:

Observar e respeitar a sinalização e os limites de velocidade, manter distância de segurança em relação aos demais veículos, ultrapassar apenas quando houver plenas condições de segurança e não desviar a atenção do trânsito.

A PRF também orienta os usuários de rodovias, mesmo antes de viagens curtas, a fazer uma revisão preventiva do veículo, o que inclui a checagem dos pneus, do sistema de iluminação, dos equipamentos obrigatórios, do nível do óleo e do radiador, entre outros itens.

Também é fundamental planejar a viagem, buscando evitar, na medida do possível, os horários de pico. Dirigir cansado ou com sono aumenta o risco de o motorista cometer erros. A cada duas horas de viagem, é recomendável uma pausa para descanso de pelo menos 15 minutos.

Dirigir na chuva:

Dirigir sob chuva requer atenção redobrada e a primeira providência do motorista é reduzir a velocidade do veículo e aumentar mais ainda a distância do carro que segue a sua frente. O mesmo serve para os condutores de motocicletas.

Em caso de chuva forte, recomenda-se procurar o local seguro fora da pista, que não seja debaixo de árvores ou fiação elétrica.

Atenção também para o fenômeno da aquaplanagem, que é quando se forma lâminas de água na pista e, os pneus do veículo perdem a aderência com o pavimento. Para evitar esse tipo de ocorrência, o motorista não deve frear ou mudar de direção, apenas manter o veículo em linha reta e as mãos firmes no volante.

Clickpb com Assessoria