Com um hectare produtor rural espera colher 1.200 quilos de feijão macassar, no Vale do Piancó

216

Com pouco mais de uma hectare de feijão macassar, o produtor rural, Gerson Viturino e ele espera colher cerca de mil e duzentos quilos no final da colheita.

Toda produção é vendida diretamente para o consumidor, nas feiras livres de Conceição e Bonito de Santa Fé ao preço de 5 reais o quilograma.

Depois de plantado, o feijão começa a ser colhido com pouco mais de 60 dias. Ao todo, seis pessoas trabalham no plantio do feijão.

O plantio é feito por gotejamento, o que faz uma economia de mais ou menos 80% de água, conforme garantiu o produtor.

O feijão macassar tem origem africana e chegou ao Brasil pelos colonizadores portugueses e espanhóis. No início o feijão, que é conhecido na região como ‘feijão de corda’ é mais vendido na região Nordeste e é o mais procurado pelo consumidor.

Portal Vale do Piancó Notícias