Maranhão condena censura a Sites

182

O senador José Maranhão defendeu nesta sexta-feira em entrevista ao Portal WSCOM a união dos diversos atores da política da Paraiba, Pernambuco e Rio Grande do Norte para resgatar o projeto de Porto de Águas Profundas no Litoral Norte paraibano como incremento à economia e ao futuro do desenvolvimento do Estado. Ele disse ainda que reagiu contrário à aprovação de censura aos sites e veículos digitas em materia aprovada na Câmara Federal.

– Quanto ao Porto de Águas Profundas o Governo Federal deve à Paraíba uma grande obra – afirmou ele adiantando que o projeto desta dimensão requer o apoio de todos envolvendo outros estados até porque considera existir viabilidade econômica.

Segundo informou, este é um projeto para 2018 em diante. “Vamos precisar construir as fases preliminares de unir todos em torno do projeto, o que só conseguiremos do ano que vem em diante”, afirmou.

CONTRA CENSURA – O senador disse que a matéria aprovada pela Camara Federal gerando censura aos sites é um absurdo e agressão que jamais se estabeleceria.

– Um país democrático como o Brasil não aceita retrocesso como este – frisou.

Walter Santos – WSCOM