Excesso de animais nas ruas provocam acidentes e ataques à pedestres em Patos

198

Quem trafega diariamente nas ruas cidade de Patos vem enfrentando problemas com ataques de cães que perambulam nos bairros do município. Os mais prejudicados são pedestres, motociclistas e ciclistas.

Nos últimos, meses moradores de todos os bairros da Capital do Sertão vem sofrendo com a grande quantidade de animais soltos nas ruas que a cada dia se multiplicam. Além dos ataques à pessoas, esses animais provocam danos em coletores de lixo.

Apesar do aumento dos transtornos, a prefeitura de Patos não tomou medidas para combater a multiplicação desses animais e nem a implantação para abriga-los.

Em julho deste ano, Luciana Ferreira Soares e Flávia Ferreira foram atacadas por um cão enquanto trafegavam em uma motocicleta na BR 361, em frente à Casa de Show Forró Folia, no Conjunto Bivar Olinto.

No mesmo mês, um jovem e uma adolescente ficaram feridos após a moto em que eles trafegavam colidir e atropelar um cachorro. O acidente aconteceu na Rua Horácio Nóbrega, em frente a loja de conveniências Hora 10.

Nesta quinta-feira, 30, mais dois casos de ataques foram noticiados na cidade. Maria Gorete Santos Soares, de 57 anos e a jornalista Dilany Silva foram atacadas em bairros diferentes. Uma no centro da cidade e a outra no bairro Monte Castelo.

 

MaisPatos