Manancial do Capoeiras está quase no volume morto

228

Quando estivemos na barragem de Capoeira, a pouco mais de 20 dias, e mostramos que a situação era preocupante. Entretanto, Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (AESA), afirmava que Capoeira estava com 10% de sua capacidade, ou seja, tinha pouco mais de 5 milhões de m³.

Depois da repercussão da nossa reportagem, AESA foi lá atualizar os dados do manancial, e o que foi verificado não é nada bom para os sertanejos, pois, atualmente a barragem de Capoeira, tem apenas 5,8% (dados de 26/12) de sua capacidade, o que corresponde ao volume 3.1 milhões de m³. Lembrando que Capoeira tem capacidade de armazenamento de 53,4 milhões de m³.

É verdade, quando moradores e pescadores da região afirmam que Capoeira enfrenta sua pior crise hídrica, desde sua fundação em 1984. O manancial abastece às cidades de Patos, Santa Terezinha e São José do Bonfim, e caso não chova forte em janeiro, a barragem entrará no volume morto.

Estamos no início de 2018, vamos torcer e rezar que às chuvas voltem ao Sertão, para poder encher nossos mananciais. Enquanto não, os cidadãos devem fazer sua parte economizando o máximo de água possível e evitando o desperdício, como diz o lema da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa): “Tenha um pingo de consciência: economize água!”.

Jordan Bezerra