Vereadores acolhem denúncia que pode afastar presidente de Câmara, no sertão

222

Os vereadores da cidade de Triunfo, no Sertão do Estado, acolheram um pedido de afastamento do presidente da Casa Legislativa, de acordo com informações do Diário do Sertão. O vereador Fagner Lisboa, presidente da Câmara, está sendo acusado de quebra de decoro parlamentar por contratar a esposa como tesoureira da Casa.

Em sessão na última sexta-feira (16), a vereadora Maria Bernardo apresentou o pedido de instauração de um processo político-administrativo com possibilidade de cassação do mandato do seu colega. Depois de ser lido em plenário, o pedido foi aceito pelos demais vereadores.

A vereadora considera que a contratação constitui a prática de nepotismo e pede apuração dos fatos denunciados. Maria Bernardo explicou que a prática de nepotismo, infringe a súmula vinculante n° 13 do Regimento Interno, e entende que o parlamentar cometeu o crime de prevaricação.

O presidente da Câmara e o primeiro secretário se recusaram a determinar a leitura da denúncia. No entanto, o material com documentos e mídia audiovisual foi lido e apresentado pelo segundo secretário da Mesa Diretora.

Os contrários à denúncia sustentam que o presidente da Câmara demitiu a esposa há muito tempo e que o procedimento teria perdido o fundamento.

Clickpb