Bolsonaro diz que não tomará vacina: ‘Minha imunidade está lá em cima, não tem cabimento’

79

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), disse, nesta quarta-feira (13), durante entrevista a uma emissora de rádio, que decidiu não mais se vacinar contra a Covid-19. Segundo ele, sua imunidade está muito alta e uma eventual vacinação seria desnecessária. “No tocante à vacina, eu decidi não tomar mais a vacina. Eu estou vendo novos estudos, eu estou com o meu, a minha imunização está lá em cima, IGG está 991. Para que eu vou tomar uma vacina? Seria a mesma coisa que você jogar na loteria R$ 10 para ganhar R$ 2. Não tem cabimento isso daí”, disse.

De acordo com especialistas, no entanto, a vacinação é recomendada até mesmo por quem já teve a doença. Estudos apontam a vacina gera uma imunização mais duradoura do que a resultante de infecção natural pela patologia.

Além disso, a vacinação, apontam os cientistas, deve mobilizar a sociedade inteira para ser mais eficiente. A pessoa que se vacina não está protegendo só a si mesma, mas também aos demais, na medida em que contribui para restringir a circulação do vírus. Tanto que, de acordo com a ciência, uma vacinação efetiva deve contar com mais de 80% de adesão da população.

Até então, Bolsonaro vinha dizendo que seria o último brasileiro a ser vacinado.

Fonte: Paraiba.com.br