Romero Rodrigues admite perda do comando do PSD na Paraíba e classifica como “um triste golpe à democracia”

110

O ex-prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues assumiu, na tarde desta terça-feira (29), a perda do comando do Partido Social Democrático na Paraíba para a senadora Daniella Ribeiro, ex-Progresistas, que agora adquire a direção do PSD-PB com anuência do presidente nacional, o ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

“Eu fiquei muito triste, afinal de contas, você tem um partido já a disposição, aí você precisa de um outro partido para castrar as pretensões de outras pessoas que estavam colocadas como pré-candidata, no meu caso, a deputado federal, Eu acho que não precisa disso, é um jogo sujo, um jogo baixo, um golpe triste à democracia. (…) A gente vê com tristeza, mas golpe é golpe, e a gente vê como acontece todo dia na política brasileira”, disse em entrevista a rádio Arapuan FM.

Pela manhã, Romero chegou a usar as redes sociais para divulgar um vídeo onde desmentia “os boatos” sobre a perda do comando do PSD, no entanto, ele declarou que realmente desconhecia o fato e foi pego de surpresa.

“Em função de notícias que surgiram pela manhã, eu naturalmente sem tomar conhecimento de absolutamente nada, gravei um vídeo e postei nas minhas redes sociais, dizendo exatamente da minha permanência no partido, até porque há mais de seis meses eu venho trabalhando incansavelmente montando chapas para deputado federal e deputado estadual, inclusive na de federal, eu me colocando a disposição como pré-candidato a deputado federal”.

Wscom