Futegame: Designer do Núcleo de Design & Tecnologia da CODECOM – UEPB tem jogo de cartas lançado pela Estrela

125

Um emocionante jogo de cartas que simula uma partida de futebol, nele o jogador vivencia as emoções do esporte de maneira divertida se tornando técnico do próprio time. Trata-se do Futegame, o novo lançamento da Estrela, criado pelo jornalista e designer da Coordenadoria de Comunicação Social (CODECOM), da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Júlio Cesar Gomes de Oliveira.

Após desenvolver o game e submetê-lo a vários eventos do gênero no Brasil e na América Latina o designer decidiu apresentá-lo à fabricante de brinquedos Estrela que, diante de uma análise de jogabilidade, aprovou a proposta e deu início à produção. Júlio César passou mais de dois anos desenvolvendo o conceito com foco no público amante do futebol. O profissional, que integra a equipe do Núcleo de Design & Tecnologia da CODECOM, estudou cada detalhe do jogo; criou as próprias peças e definiu as regras, tornando o game divertido e atraente.

Como toda partida de futebol, no Futegame, que nasceu como “Treta” e depois teve o nome mudado, existem regras que controlam o jogo. Inspirado em uma das paixões do brasileiro que é o futebol, o jogo conta com escanteios, laterais, faltas, pênaltis, gols e a distribuição dos cartões amarelo e vermelho para punir as infrações cometidas na partida. Para vencer, o jogador precisa controlar os seus atletas e fazer a maior quantidade de pontos.

Ao avaliar a notícia de que a sua invenção havia sido aprovada pela Estrela, empresa líder há décadas no segmento de jogos para crianças, jovens e adolescentes, Júlio César disse que recebeu a informação com alegria e emoção.

Graduado em jornalismo pela UEPB, com especialização em Programação Visual pela Faculdade Integrada de Patos (FIP), Júlio César atuou durante anos como chargista com publicações em vários jornais com reconhecimento nacional e em salões de Humor pelo Brasil. Atualmente atua na Codecom da UEPB e nos últimos anos vinha se dedicando, paralelamente, à elaboração de jogos de tabuleiro.

Texto: Severino Lopes
Foto: Juliana Rosas

Ascom UEPB