Paraibano recebe “Prêmio Professor Transformador”; conheça a iniciativa

60

O professor de Física, Renato Nunes Ramalho, da Escola Cidadã Integral (ECI) Professor Crispim Coelho, da cidade de Cajazeiras, no Sertão paraibano, venceu o Prêmio Professor Transformador. A premiação aconteceu em São Paulo, durante o Bett Brasil 2022, considerado o maior evento de Educação e Tecnologia da América Latina, onde 12 finalistas apresentaram seus projetos.

O educador desenvolveu o projeto “Reaproveitamento das águas pluviais e cinzas nas escolas do semiárido Paraibano” e tornou-se um dos vencedores da segunda edição do Prêmio, na categoria Ensino Médio, que contempla estratégias e projetos que transformam a vida dos alunos e das comunidades escolares de todo o Brasil.

O Prêmio Professor Transformador contemplou projetos que são desenvolvidos em todos os níveis da Educação Básica, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. O professor Renato desenvolveu a iniciativa com os alunos do Ensino Médio, com o objetivo de montar uma empresa sustentável para reaproveitamento de grande parte da água consumida pela escola, como também da água da chuva.
Reconhecimento

Renato destacou a importância da premiação e lembrou do esforço dos educadores paraibanos. “O Prêmio Professor Transformador é uma honraria para qualquer educador. Até este momento, vivo a emoção e um sentimento de felicidade, não somente pelo prêmio e pelo reconhecimento, mas por mostrar ao Brasil o que os jovens da ECI Professor Crispim Coelho, no Sertão paraibano, estão desenvolvendo um projeto que tem o compromisso de agir de maneira sustentável, pensando global e agindo local. Orientar estudantes a trabalhar ideias para o bem do planeta e da sociedade, modificando a realidade e fortalecendo o projeto de vida desses protagonistas é o que torna o professor um verdadeiro transformador”, comemorou o professor.

Renato ainda explicou como o projeto desenvolvido na escola pretende funcionar. “Trata-se de uma estrutura, que será montada na instituição, que utiliza materiais de baixo custo e reutilizáveis como reservatórios de água feitos de geladeiras velhas, uma tubulação feita de bambu e uma bomba de hidrogênio, que utiliza a água como fonte de energia (substituindo combustíveis fósseis como gasolina ou diesel), a estrutura do projeto é totalmente inovadora. Será uma iniciativa minha e dos próprios alunos, donos da empresa que já tem nome, Sertão Blue”, explicou o professor.

Prêmio Professor Transformador

A premiação foi promovida pelo Instituto Significare e pela Bett Brasil, tendo por objetivo valorizar educadores e promover projetos transformadores implementados na Educação Básica. Dos mais de 350 projetos pré-selecionados na primeira etapa, doze foram escolhidos para serem os finalistas. Os segundos e terceiros colocados ganharam uma premiação de R$ 2.500,00, e o vencedor de cada categoria recebeu R$ 7.000,00.

Paraiba.com.br com informações da NE9