Corpo de homem que foi assassinado ainda está sem identificação no NUMOL da cidade de Patos

181

Na noite do dia 10 de maio de 2022, em Tavares, sertão paraibano, um homem foi assassinado a tiros. Após investigações da Delegacia de Polícia Civil, chegaram informações de que a vítima seria um provável traficante da cidade de Patos e o crime poderia ter vinculação com facções rivais que atuam na região.

O corpo sem identificação foi removido por servidores do Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (NUMOL) e encontra-se em Patos. Desde então, o féretro está aguardando por familiares que reconheçam a vítima.

Sem documentos e sem reconhecimento, após 90 dias, a vítima poderá ser sepultada como indigente. Os trâmites definidos por lei seguem o rito e agora se busca que algum familiar apareça para garantir que o corpo seja identificado.

Nos últimos meses, os homicídios aumentaram no sertão paraibano e os corpos são encaminhados para o NUMOL de Patos que dispõe de espaços limitados para acomodação dos cadáveres até os prazos legais definidos.

Jozivan Antero – Polêmica Patos