João Azevêdo mira artilharia para adversários e rebate críticas de Veneziano, Nilvan e Pedro ao seu governo

77
Governador João Azevedo

O governador João Azevêdo (PSB) mirou a sua artilharia contra os seus adversários na campanha eleitoral deste ano e rebateu argumentos críticos deles ao seu governo.

Em dinâmica realizada pelo programa ‘Frente a Frente’, da TV Arapuan, nessa segunda-feira (6), foram expostos argumentos recentes de oposicionistas e o governador não poupou críticas as narrativas deles.

Veneziano

Em relação a Veneziano Vital do Rêgo (MDB), João rebateu uma fala do emedebista sobre um suposto uso equivocado de recursos destinados por ele e sua mãe, a senadora Nilda Gondim, que deveriam ter comprado um tomógrafo novo para o Hospital Regional de Sousa, mas que, segundo Vené, foram usados com outros objetivos.

“O senador Veneziano colocou uma emenda de R$ 3 milhões e 800 mil reais para equipamentos aqui na Paraíba. Esses equipamentos foram adquiridos. O de Picuí está lá funcionando sem nenhum problemas. Ele colocou recursos para um tomógrafo em Sousa. À época, o secretário Geraldo informou a ele que o tomógrafo já estava resolvido e ele refez o ofício em que ele substituiu o tomógrafo por equipamentos outros que nós estamos adquirindo.”

Em resposta, Veneziano sustentou que os ofícios eram para a compra de um tomógrafo novo e que tinha remetido a cópia dos documentos para o jornalista da Rádio Arapuan, Felipe Nunes, que colheu a ‘tréplica’ do senador.

Nilvan Ferreira

Sobre Nilvan, a questão apontada por João foi o fato de o comunicador ter divulgado informações inverídicas quando, por exemplo, gravou um vídeo na estrada de Taperoá dizendo que a estrada estava sem asfaltado. De acordo com João, o asfalto foi retirado porque a estrada entre Taperoá e Teixeira está sendo completamente restaurada.

“Ele gravou um vídeo no trecho de uma estrada de Taperoá, dizendo que a estrada estava sem asfalto quando na verdade, o asfalto foi tirado para colocar um novo. A estrada toda, de Taperoá até a Teixeira, está sendo recuperada e está ficando um tapete. E ele achava que estava sendo sem asfalto porque a estrada estava danificada. É desinformação também e não há porque se cobrar isso dele. Não é engenheiro, não é técnico, não conhece essa área, então precisaria se informar melhor.”

Nilvan, por sua vez, desafiou o governador para realizar com ele uma caravana pelo estado para que os dois pudessem verificar quais obras estavam sendo feitas pelo Governo do Estado com recursos próprios, o que Nilvan sugeriu ser são poucas e inexpressivas.

Pedro Cunha Lima

As principais críticas de Pedro são referentes a uma suposta inoperância do Governo do Estado em Campina Grande, uma das principais bases eleitorais do deputado federal tucano.

João afirmou, na entrevista, que estão sendo construídos o Centro de Convenções e o Arco Metropolitano que vai ligar a BR-230 à 104.

PB Agora