Rádio Espinharas e artista patoense representam a cidade de Patos na comemoração dos 100 anos do rádio no Brasil

60

A amostra “Rádio em Movimento” é uma das atividades dentro das comemorações de 100 anos do rádio no Brasil, realizada pela Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão – ABERT. A Rádio Espinharas de Patos foi convidada para representar a importância da radiodifusão no Sertão durante o centenário da mídia no país.

Com 71 anos de história e sendo a primeira emissora da cidade, a Rádio Espinharas foi uma das empresas de radiodifusão na Paraíba que recebeu um rádio modelo capelinha para ser pintado por um artista local e ser apresentado no Congresso Brasileiro de Radiodifusão, no Museu Nacional de Brasília, em Novembro.

A gerente administrativa da Rádio Espinharas de Patos, Alais Cavalcante, falou da importância de, tanto a emissora quanto o artista patoense, participarem desse momento histórico para a radiodifusão.

“Recebemos com muito carinho essa missão de convidar um artista plástico local para representar nossa região em um evento tão importante para o meio radiofônico, então em conjunto com as Rádios parceiras, Itatiunga e Arapuã, vamos registrar esse momento que com certeza será histórico e assim poder levar a cultura da nossa cidade pintada em forma de arte para o mundo todo conhecer”, relatou.

O artista Roberto Nascimento foi convidado, na cidade de Patos, para desenvolver o projeto intitulado “Rádio em Movimento” e estilizar a réplica que será apresentada durante a comemoração do centenário da mídia radiofônica.

“É muito gratificante para mim, saber que através da minha arte fui o escolhido e tenho o privilégio entre outros artistas, de poder ilustrar o Rádio Capelinha que representa o Centenário do Rádio do Brasil, sendo o rádio um elemento ainda tão importante no nosso cotidiano e na nossa cultura. Receber o convite da Rádio Espinharas muito me honra, e me deixa feliz em retratar as belezas de nossa região, fica o compromisso de honrar este convite”, comemorou Roberto.

Ao todo, 81 rádios do modelo capelinha foram distribuídos por todo o país. Cada finalista estadual será o representante na amostra “Rádio em Movimento” e será exibido durante o Congresso Brasileiro de Radiodifusão, no Museu Nacional de Brasília, nos dias 16 e 17 de Novembro.

Wânia Nóbrega – Rádio Espinharas