Demolição do Mercado Público: Vereador Edcarlos pede ao prefeito Arimateia que dialogue com os comerciantes e não deixe ninguém prejudicado

108

A Câmara Municipal de Santa Terezinha – PB realizou uma sessão ordinária nessa sexta-feira (22), iniciando os trabalhos do segundo semestre. A reunião foi transmitida pela Rádio Conexão (104,9 FM).

Na tribuna o vereador Edcarlos Soares (PSDB) falou da polêmica envolvendo a demolição do Mercado Público Municipal. Ele disse que usou as suas redes sociais falar sobre o tema. O parlamentar disse que a obra não iniciou e já traz problemas para a sociedade. Edcarlos relatou que já mostrou na tribuna questão do patrimônio público, da história da cidade e que mais uma vez se apaga e lamenta muito. Lembrou que o recurso deixado pela gestão anterior no valor de R$ 259.000 e teve acesso à licitação que ocorreu no ano passado com valor licitado de R$ 153.000 e não entende o por quê desse outro valor. O vereador disse que ocorreu uma afronta da Prefeitura Municipal aos vereadores quando a Prefeitura retirou ao lado do Mercado Público, um asfalto que foi colocado há mais de 40 dias, o calçamento e um pé de manga e não comunicou a Câmara Municipal, um verdadeiro ‘tapa na cara’ dos vereadores. Devido ao fato, ele fez a denuncia no Ministério Público cobrando esclarecimentos e acredita que o prefeito fez a ação sem consultar a Assessoria Jurídica do Município.

Edcarlos relata que as ações estão sendo atropeladas e o povo está sendo prejudicado. O parlamentar disse que a obra Mercado de Artesanato foi iniciada na primeira gestão do prefeito Arimateia Camboim e que os boxes eram para acomodar os comerciantes do Mercado Público, já que o gestor tem a intenção de derrubá-lo. Discordou do vereador Salomão quando foi à imprensa local relatar que está tendo dialogo entre a Prefeitura e os comerciantes, Edcarlos fala que existem imposições. Ele continua dizendo que o povo está assustado com a forma que o prefeito tem agido. Trouxe o relato que um comerciante investiu R$ 24 mil em um box e agora vai perder tudo com a demolição do local. O parlamentar comunicou que está triste porque uma comerciante chorou porque vai perder o local de trabalho e vai ter que trabalhar em outro estado porque ficará desempregada.

O vereador pede dialogo entre o prefeito e os comerciantes para resolver o problema. Pediu humildade e sensibilidade para resolver de maneira honrosa à situação de cada comerciante.

Josley Oliveira – PortalSantaTeresinha.com