Tremor de terra é registrado menos de uma semana após outro em mesma cidade da Paraíba

86

Cinco dias depois de registrar um tremor de terra de magnitude 2.2, a cidade de Belém do Brejo do Cruz foi atingida por outro tremor – desta vez, de magnitude 1.8, na manhã desta segunda-feira. O abalo sísmico foi registrado estações sismográficas operadas pelo Laboratório Sismológico (LabSis) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Conforme nota emitida pelo laboratório, moradores relataram que sentiram e ouviram o fenômeno, mesmo sendo considerado de baixa intensidade pelos especialistas.

Segundo o sismólogo Eduardo Menezes, até o tremor ocorrido na semana passada, o LabSis não tinha informações sobre tremores naquela área, por isso, o laboratório ainda estuda as prováveis causas das duas ocorrências.

“Normalmente, esses tremores são ocasionados por falhas geológicas que entram em atividade. Às vezes, os tremores podem perdurar por mais tempo ou podem parar”, explicou.

Em caso de emergências provocadas por tremores de terra, a população pode acionar o Corpo de Bombeiros (193) ou a Defesa Civil (199).

Portal Correio