Parecer da Procuradoria Regional Eleitoral opina pela desnecessidade de forças federais na Paraíba

50

A Procuradora Regional da Paraíba, Acácia Suassuna, emitiu, na tarde desta quinta-feira (08) parecer pela desnecessidade de utilização de forças federais de segurança nas eleições estaduais da Paraíba. Ela se manifestou no âmbito de uma ação assinada pela juíza da 50ª Zona Eleitoral, Carmen Elen Agra de Brito.

O objetivo seria reforçar a segurança no pleito no dia 02 de outubro nos municípios de Puxinanã, Pocinhos e Montadas. Esse parecer acontece depois que a Secretaria de Segurança Pública da Paraíba se pronunciou pela desnecessidade do envio de reforços.

“Nesse cenário, considerando as informações apresentadas pelo secretário de Segurança e da Defesa Social da Paraíba, assegurando a suficiência dos órgãos operativos do estado para garantir a segurança no pleito nos municípios de Puxinanã, Pocinhos e Montadas, bem como o planejamento com o a Polícia Federal, que também poderá atuar no dia das eleições, não se vislumbra a necessidade de forças federais”, diz parecer da procuradora.

O parecer será encaminhado para desembargadora Fátima Bezerra, que é a corregedora do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba para decidir se acata o entendimento da procuradoria ou não.

PBAgora