Venda do Patos Tênis Clube é aprovada para a Área Badalada

122

Em assembleia extraordinária dos sócios do Patos Tênis Clube que aconteceu na sede da Ordem dos Advogados do Brasil-OAB, Subseção de Patos, na noite desta quinta-feira (08), foi aprovada a venda do clube para Área Badalada Eventos.

O encontro ocorreu após primeira, segunda e terceira convocações. E por 54 votos a favor do total de presentes, dois contra e cinco abstenções, o negócio foi sacramentado no valor total de R$ 5.970.000,00.

Segundo Taciano Wanderley, presidente do Clube, 515 títulos têm direito ao valor da venda. Serão R$ 4.120.000,00 para serem divididos com 515 sócios no valor 8 mil reais para cada título (sócio), já sem os débitos contabilizados.

A área do Clube que tem 5.150 metros quadrados, foi avaliada inicialmente em mais de R$ 7 milhões, mas acabou sendo negociada por um valor mais baixo.

Do total da venda, R$ 400 mil serão destinados à Prefeitura Municipal de Patos para realizar ações em favor do município, segundo aprovou a Assembleia em conformidade com o Ministério Público Estadual.

Para que a venda do imóvel sede fosse concretizada, seriam necessários 10% dos sócios concordarem com a venda do Patos Tênis Clube que têm mais de 500 sócios com títulos ativos e ainda 130 já falecidos. A maioria dos proprietários de títulos do clube ou representantes moram fora da cidade hoje.

O Patos Tênis Clube encontra-se numa área importante do Centro da cidade, nas imediações da Praça Getúlio Vargas, Associação Comercial de Patos e do Hotel JK, e sempre foi conhecido na cidade por sua importante contribuição na realização de shows, com a presença de grandes nomes dos meios artístico e musicais, e de atividades sociais em geral.

No entanto, desde o início dos anos 2000, o clube foi reduzindo o calendário anual de eventos, até ficar sem realizar nenhum tipo de atividade, fechando totalmente suas portas anos atrás. O último evento realizado no espaço foi o show do humorista Zé Lezin no dia 2 de setembro de 2017.

Taciano disse que depois de muita conversa e celeuma, a venda foi concretizada por um valor justo. O importante é que o negócio foi fechado, pois como todos sabem, o Patos Tênis Clube não tinha mais utilidade para a cidade há mais de 5 anos,” disse ele.

Taciano ainda ressaltou que aquele espaço foi doado na década de 50 por seu avô Darcílio Wanderley (em 6 de maio de 1955), construído por seu pai Redy Wanderley, e que não só para sua família, mas para toda a sociedade patoense, aquele espaço é histórico e de grande serventia para cidade que ficará marcado na memória de todos pelas alegrias proporcionadas pelas inúmeras festas de carnaval e grandes eventos diversos.

Fonte: Portal 40 Graus