Aliado de Bolsonaro na Paraíba, Nilvan Ferreira trata institutos de pesquisa como ‘prostitutas de campanhas eleitorais’

35
Nilvan Ferreira

Prostitutas de campanhas eleitorais. Foi assim que o candidato do PL ao Governo da Paraíba, Nilvan Ferreira, tratou, durante entrevista nesta quinta-feira (22), alguns institutos de pesquisas que divulgaram números na corrida eleitoral deste ano colocando o ex-presidente Lula (PT) como 1º colocado na corrida presidencial e o governador João Azevêdo (PSB) na dianteira na disputa estadual.

Segundo o comunicador, muitos institutos viraram balcão de negócio sendo utilizados por muitos candidatos para criarem uma narrativa a fim de confundir o eleitor.

“Os institutos de pesquisa se transformaram na maior cachorrada que esse país já viu, alguém está enganando alguém. Como é que um instituto dá um resultado e o outro dá um resultado completamente diferente. O que se observa é que alguns candidatos, inclusive aqui na Paraíba, estão se utilizado de institutos que são verdadeiras prostitutas das eleições, que usam o pleito para ganhar dinheiro, para tentar criar narrativa na cabeça das pessoas. Pode olhar que um instituto quando quer beneficiar alguém bota o candidato a governador e a senador numa posição boa, então são prostitutas de campanhas eleitorais. A população não pode ir na onda de determinadas pesquisas, isso tudo é fabricado usando muito dinheiro, tem muitos lucrando com pesquisas e a rua não está dizendo isso, e as pessoas devem estar atentas, ainda bem que hoje temos as redes sociais. Bolsonaro sai no meio da rua e é ovacionado. Alguém acha que a população é burra e besta, mas o povo está atento e sabe que a realidade da PB é bem estabelecida, quando for dia 02 a verdadeira pesquisa vai ser feita”, pontuou.

Nilvan disse ainda acreditar que nem ele nem Bolsonaro perdem a eleição e que Lula não ganha nem em primeiro nem em segundo turno.

“Bolsonaro não perde essa eleição, é por isso que não trabalho com plano B. O soldado que vai para uma guerra pensando na derrota ele já começa derrotado. Solta Bolsonaro no Braz em São Paulo ou em qualquer outro lugar do Brasil e solta Lula para ver quem é que vai ter mais recepção do povo e solta Nilvan e João ali no mercado central para você ver a verdadeira pesquisa”, emendou.

PB Agora