Açudes ganham água e cidades chegam a ter em 24h 5.000% de chuvas acima do esperado

61
Açude de Coremas

Localidades da Paraíba têm registrado chuvas intensas desde o fim de semana. Nesta segunda-feira (7), em algumas cidades, como é o caso de Caraúbas, no Cariri, houve precipitação de 109,3 milímetros, o que corresponde a 1.419,5% do esperado para o período, segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa-PB). Em Barra de São Miguel, também no Cariri, a agência registrou 65,4 milímetros de chuva, número que representa 5030,8% do previsto para esta época do ano.

Outros municípios ou postos de observação que tiveram destaque nos registros da Aesa-PB nesta segunda-feira foram Riacho dos Cavalos /Jenipapeiro dos Carreiros, com 92,6 mm; Catolé do Rocha/Escola técnica, com 92,2 mm; e São José do Sabugi, com 90,2 mm.

Uma pluviosidade de 1 milímetro equivale ao volume de 1 litro de água de chuva que se acumula sobre uma superfície de área igual a 1 metro quadrado (m²).

Açudes

Com as chuvas, alguns açudes da Paraíba ganharam volume, como foi o caso do Epitácio Pessoa (Boqueirão), na mesorregião da Borborema. De acordo com dados do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), nesta segunda-feira o reservatório apresenta volume de 139.972.494 m³. Entre os dias 5 e 7 de novembro houve aumento de 16 cm na lâmina de água, correspondendo a um acréscimo de 2.911.542 m³. Nesse intervalo, a Aesa-PB registrou um aumento de 29,38% para 30% da capacidade total ocupada do manancial.

Outro reservatório importante no estado, o Açude de Coremas, no Sertão paraibano, também teve aumento da capacidade, segundo registrou a Aesa-PB. Entre a última sexta-feira (4) e esta segunda (7), o volume de água subiu de 48,97% para 49,25%, com um acréscimo de 2.108.242,8 m³.

Previsão do tempo

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) colocou 129 municípios do interior da Paraíba sob alertas de chuvas intensas. Os avisos, com validade até as 10h desta terça-feira (8), receberam classificação laranja (perigo) em 28 localidades e amarelo (perigo potencial) em 111.

De acordo com a previsão, pode chover entre 30 e 60 milímetros por hora ou até 100 milímetros por dia nos municípios sob alerta laranja. Nessas localidades, também são esperados ventos fortes, com intensidade entre 60 km/h e 100 km/h.

Já nos municípios sob alerta amarelo deve chover entre 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia. Nessas localidades, as chuvas devem ser acompanhadas por ventos com intensidade entre 40 km/h e 60 km/h.

Portal Correio