Efraim se coloca à disposição do Governo da Paraíba, mas descarta voltar à base: “Vou manter minha posição”

56

Após o deputado federal eleito, Murilo Galdino, declarar que na sua análise, Efraim Filho faria um caminho ‘natural’ de retorno à base do governador João Azevêdo (PSB), o senador eleito pela Paraíba negou nesta sexta-feira (11) que estes não são seus planos e disse que prefere se manter em uma posição de independência do governo estadual.

De acordo com Efraim, durante entrevista à rádio Band News Manaíra, apesar de Murilo ser um parceiro importante em diversos municípios, para manter a postura que julga como coerente ele prefere rebater essa análise do colega e afirmar que vai se manter ajudando a Paraíba como ela precisa, mas sem necessariamente fazer parte da base.

“Agradeço o carinho de Murilo Galdino. Foi um parceiro importante em vários municípios, mas vou manter minha posição de independência e de coerência. Disputei na Paraíba pela oposição. O governador encontrará o meu gabinete de portas abertas, mas não pretendo ser da base. Não me interessa!”, resumiu.

A declaração de independência vale também para o governo federal a partir de 2023. “Serei independente e coerente com meus princípios. A Paraíba estará em primeiro lugar. Eu não preciso ser base do governo federal e nem estadual para lutar pelo meu estado. Ser base significa ir atrás de cargos e eu não vou, nem preciso disso. Guardarei a independência porque não vou aprovar todos os projetos do governo. Quero ter liberdade e independência”, declarou.

PBAgora