IFPB recomenda uso de máscaras após alta de casos de Covid-19; Estado e João Pessoa orientam uso por grupos de risco

42

O Comitê do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), responsável pelo enfrentamento da disseminação e combate à Covid-19, decidiu por unanimidade recomendar o uso de máscaras em ambientes fechados da instituição. A decisão foi tomada em reunião realizada nessa quinta-feira (10), por meio de videoconferência, e é reflexo do aumento de casos da infecção no estado.

Ainda segundo o Comitê do IFPB, a medida é válida para servidores, agentes terceirizados, estudantes e visitantes a partir da entrada e durante toda a permanência nas dependências das unidades do Instituto Federal da Paraíba.

De acordo com o reitor em exercício, Neilor César dos Santos, o aumento da transmissão do vírus da Covid-19, embora apresente baixa mortalidade, trouxe uma situação que requer cuidados. “O IFPB sempre foi muito prudente durante o período da pandemia”, ressaltou o gestor.

A pró-reitora de Assuntos Estudantis, Rivânia de Sousa Silva, falou sobre a importância de conter o avanço da doença e sugeriu que os servidores que apresentarem sintomas gripais, deverão ficar em trabalho remoto e os estudantes deverão apresentar atestados médicos, caso apresentem sintomas.

UFCG

A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) já pratica, desde julho deste ano, a obrigatoriedade do uso de máscaras nas dependências da instituição.

UFPB e UEPB

A UFPB e UEPB ainda não emitiram nenhuma nova recomendação. No final de setembro, a Universidade Estadual da Paraíba havia tornado facultativo o uso de máscaras na instituição.

Saúde do Estado

A Secretaria de Estado da Saúde (SES-PB) informou ao ClickPB que, em nota técnica publicada no último dia 8 de novembro, ficou definido que “as máscaras podem ser usadas para a proteção de pessoas saudáveis (quando em contato com alguém infectado) ou para controle da fonte (quando usadas por alguém infectado para prevenir transmissão subsequente).”

Ainda segundo a Secretaria, “permanece a recomendação do uso de máscaras para pessoas com fatores de risco para complicações da covid-19 (em especial imunossuprimidos, idosos, gestantes e pessoas com múltiplas comorbidades) em situações de maior risco de contaminação pela covid-19, como: locais fechados e mal ventilados, locais com aglomeração e em serviços de saúde.”

Saúde de João Pessoa

A Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa informou ao ClickPB que, sobre as máscaras, “ainda não existe uma recomendação oficial, mas é importante que pacientes com sintomas de síndrome gripal utilizem ao buscar atendimento”.

Clickpb