Vendas de Natal: pequenos negócios apostam em produtos personalizados para atrair clientes e aumentar faturamento

68

Período é considerado como estratégico para os empreendedores paraibanos

A pouco mais de uma semana para a comemoração do Natal, festa que tradicionalmente costuma reunir familiares e amigos e movimentar o ambiente de negócios, os donos de pequenos empreendimentos estão apostando na personalização de produtos para conquistar novos clientes e garantir o aumento do faturamento nas vendas para o período. Bolos enfeitados, ceias natalinas, roupas personalizadas e brindes são alguns dos itens que podem ser encontrados pelos consumidores como opção de presente.

Dentro desse contexto de artigos personalizados, a proprietária da loja Cake Show com sede na cidade de João Pessoa, Luciana Torres, explica que espera aumentar as vendas em até 50%. O seu empreendimento trabalha com a produção de ceias natalinas, bolos e conta ainda com um espaço reservado para confraternização. “Ao contrário do que aconteceu nos últimos dois anos em consequência da pandemia, o investimento para esse período está sendo maior e a expectativa é trabalhar o aumento do faturamento em até 50%. Estamos ampliando as ações de vendas e investindo também no digital com o impulsionamento de anúncios nas redes sociais”, disse.

Já a empreendedora do Ateliê Leila Portela no município de Maturéia, no Sertão do estado, aposta na confecção de roupas infantis personalizadas para conquistar novos clientes. Segundo Leila Portela, o investimento esse ano está concentrado na produção de peças com destaque para o bordado. “Estamos otimistas com esse período de festividade natalina, principalmente porque as encomendas começaram a chegar antes do mês de dezembro e as vendas devem crescer mais até o fim deste mês. Temos uma boa variedade em peças e o bordado tem sido adotado esse ano como um detalhe a mais na produção, mas é importante dizer que o cliente é que decide como deseja o produto”, comentou.

De acordo com o gerente da agência regional do Sebrae/PB em Cajazeiras, Talles Vasconcelos, o momento é de oportunidade para entender o que o consumidor procura e apresentar opções de produtos que atendam a necessidade do cliente. “O período natalino é propício a melhorar o ambiente de negócios por vários fatores, entre eles porque ocorre nessa época o pagamento de décimo terceiro que acaba injetando mais dinheiro no mercado e as pessoas costumam se reunir e trocar presentes. O empreendedor então precisa ficar atento e buscar inovar para atender a essa demanda”, destaca.

Com relação ao processo de preparação dos pequenos negócios, Talles Vasconcelos enfatiza a necessidade do planejamento, assim como a colocação de metas e organização do estoque. “O faturamento econômico é consequência da forma como o negócio se prepara para o momento, e nesse sentido é importante destacar a organização do estoque, além do planejamento com a indicação de metas, estudo sobre as tendências e contar com uma boa logística para garantir a entrega”, concluiu.

Sebrae 50+50 – Em 2022, o Sebrae celebra 50 anos de existência, com atividades em torno do tema “Criar o futuro é fazer história”. Denominado Projeto Sebrae 50+50, a iniciativa enfatiza os três pilares de atuação da instituição: promover a cultura empreendedora, aprimorar a gestão empresarial e desenvolver um ambiente de negócios saudável e inovador para os pequenos negócios no Brasil. Passado, presente e futuro estão em foco, mostrando a evolução desde a fundação em 1972 até os dias de hoje, com um olhar também para os novos desafios que virão para o empreendedorismo no país.

Talles Vasconcelos, gerente da agência regional do Sebrae/PB em Cajazeiras, destacando dicas de como se preparar para vender mais no período natalino, ouça:

Assessoria Sebrae – Paraíba