Primeira fisioterapeuta de Patos, doutora Francisca Maracajá comemora 40 anos de atividade

69

Neste domingo, 18/12, a fisioterapeuta Francisca Lacerda Maracajá comemora 40 anos de Fisioterapia na cidade de Patos.

Filha dos senhores Salviano e Osnita, ela nasceu no Sítio Malhada Grande, em Olho d’Água, no Vale do Piancó, foi uma criança, adolescente bem resolvida e hoje é uma adulta definida em suas convicções.

Estudiosa incansável, dando o máximo em seus deveres escolares, Francisca Maracajá foi aprovada em 5º lugar no vestibular de Fisioterapia na URNI (atual UEPB), em Campina Grande, cuja graduação aconteceu em 18 de dezembro de 1982.

Enquanto estudante, acompanhou o caso de uma criança em Patos acometida de sequelas de poliomielite, sendo esse o seu primeiro cliente.

Francisca Maracajá decidiu fixar residência em Patos em junho de 1983, tornando-se assim a primeira fisioterapeuta da cidade.

Ela contou à Folha Patoense que o primeiro passo foi procurar Dr. Carlos Candeia, que realizava serviços de Fisioterapia. “O primeiro cliente que me encaminhou foi o senhor João Garcia acometido de paralisia facial periférica, onde abriu caminho através dos seus resultados satisfatórios, para ser procurada por doutor Orlando Damasceno, para atender o seu filho menor, Dinaldo Wanderley e nosso histórico ‘Pombal’, todos eles de saudosa memória”, disse.

Em junho de 1985, em parceria com a fisioterapeuta Rejane Maria e os médicos Aldo Medeiros e Ivânis Lacerda, iniciou um serviço de Fisioterapia.

No ano de 1986, Francisca Maracajá e Terezinha Marinho tiveram a ideia de fundar a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) em Patos, que após vários encontros foi fundada em 6 de maio de 1988.

Em julho de 1988, Dra. Maracajá se casou com Simão Barreto, com que teve dois filhos: Simara e Levi. E após 23 anos, optaram pelo divórcio.

Em dezembro de 1989 encerrou a parceria para dar início a Clínica de Fisioterapia Dra. Francisca Maracajá. Foi inaugurada em 11 de fevereiro de 2016, como Fisio & Bem Estar, na Rua Coronel Miguel Sátyro, 241, no centro de Patos.

De 2009 a 2014, convidada pela diretora da Clínica Escola de Fisioterapia das FIP (atual UNIFIP), a Dra. Viviane Guedes, fez parte do corpo docente na área de saúde do trabalhador.

Em 25 de agosto de 2016, Dra. Francisca Maracajá recebeu o título de cidadã patoense por indicação da então vereadora Cláudia Leitão Martins.

Participante de inúmeros eventos científicos, a doutora é especialista em Fisioterapia aplicada com formação no Método Bobath para crianças especiais e terapias manuais, destacando o Chat, RPG e Método Busquet.

Atualmente a Clínica Fisio & Bem Estar, da fisioterapeuta Dra. Francisca Maracajá, conta com os serviços de três fisioterapeutas atendendo particulares, planos de saúde e convênios. Novos projetos de parcerias na área de acupuntura e outros profissionais na área de saúde estarão em breve a serviço da população. “Exercita-se é uma ótima maneira de garantir a manutenção da saúde e qualidade de vida, e nós fisioterapeutas não temos apenas a responsabilidade de reabilitar pessoas acometidas de doenças crônicas e deficiências, mas através de técnicas preventivas evitamos lesões em crianças, adolescentes, adultos, idosos e desportistas. A nossa cidade de Patos e região cresceram muito esses últimos quarenta anos, pois temos muitos serviços de Fisioterapia engajados em promover o bem-estar da população sertaneja. Faço minhas as palavras do escritor Ralph Waldo Emerson: ‘Tudo o que persistimos em fazer torna-se fácil; não porque a natureza da coisa mudou, mas sim a nossa capacidade aumenta’”, finalizou.

Áreas de atuação da doutora Francisca Maracajá

Fisioterapia Geral Especializada, RPG, terapias alternativas, Fisioterapia Pélvica, Pilates, ventosaterapia, Método Busquet, Shiatsu, massagem antiestresse, liberação miofascial, perícia judicial e outras.

Folha Patoense