Armas são apreendidas durante abordagem da Polícia Militar, no Sertão

58

Uma guarnição de Força Tática, pertencente a 5ª CIPM, realizava rondas pela estrada de acesso ao sítio Caldeirão, zona rural de Juru, momento em que se depararam com dois homens identificados posteriormente pelos nomes de Sebastião Francisco de Amorim (1° investigado) e Jorge Severino da Silva (2° investigado), os quais portavam, cada qual, uma arma de fogo do tipo espingarda.

Ao perceberem a presença da viatura policial, ambos acusados se desfizeram de suas armas, soltando- as ao solo e tentaram se ocultar em uma mata às margens do caminho mencionado anteriormente; motivados pela fundada suspeita de que os acusados traziam consigo arma de fogo, a equipe policial procedeu a uma abordagem e busca pessoal, sendo encontrado com o senhor Sebastião, 1° acusado, uma cartucheira porta cartuchos com 30 cartuchos calibre 36 intactos e 6 cartuchos do mesmo calibre deflagrados; já com a pessoa do senhor Jorge, 2° acusado, foi encontrado 34 cartuchos calibre 40, acondicionados em um bolso de sua vestimenta; sendo 22 cartuchos intactos e 12 deflagrados; ato contínuo foi realizada buscas das armas de fogo, sendo estas uma espingarda calibre 36. Marca Rossi, numeração 5943, de propriedade do senhor Sebastião e uma espingarda calibre 40, de propriedade do nacional Jorge.

Os investigados relataram não estar de posse de seus documentos pessoais e nem também tinham registro de arma de fogo das armas apreendidas: que ainda durante entrevista, o senhor Sebastião disse ter em seu poder mais uma arma de fogo, sendo esta uma espingarda de marca, calibre, modelo e numeração não identificada, e que queria fazer à entrega da mesma a equipe policial, pois não tinha mais o interesse em possuí-la; já o senhor Jorge disse que tinha em sua residência uma certa quantidade de insumos para recarregamento de armas de fogo do mesmo calibre da que foi encontrada em seu poder, e que também queria fazer a entrega do referido material.

Em seguida, atendendo ao convite dos acusados, os policiais se deslocaram até os respectivos imóveis, sendo a casa do senhor Sebastião localizada no sítio Brejinho, zona rural de Juru-PB, e a casa do senhor Jorge, localizada na rua são Sebastião, Juru-PB, locais onde fizeram a apreensão do material sobre dito.

Os dois homens foram conduzidos a delegacia juntamente com o material apreendido sendo entregues a autoridade policial de plantão para a adoção das medidas cabíveis.

Fonte: Repórter PB