Livro coloca 20 cachaças da Paraíba entre as 200 melhores do país

69

Sebrae destaca evolução das bebidas no mercado nacional e internacional após cerca de 30 anos de investimento na assistência aos produtores

Vinte marcas de cachaças produzidas na Paraíba compõe um ranking das 200 melhores do país elencadas no livro “200 anos – 200 cachaças – a evolução da cachaça, da Independência aos dias de hoje, contada em 200 rótulos”, publicação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) que homenageia o bicentenário da Independência do Brasil, em 2022. A evolução e destaque das bebidas produzidas na Paraíba resultam de investimentos e apoio aos produtores por diversas instituições, a exemplo do Sebrae/PB.

Capacitações, apoio para participação em eventos regionais, nacionais e internacionais, além de investimento em pesquisa estão entre as ações de apoio do Sebrae/PB desde 1994 ao desenvolvimento da indústria de produção de cachaça na Paraíba, conforme recorda o analista técnico Marcílio Santos. “Com certeza o fato de termos a Paraíba figurando com as 20 melhores cachaças do país não é nada mais do que o resultado que foi feito pelo Sebrae e diversos parceiros nas últimas três décadas. Foram muitas ações fundamentadas para que pudéssemos obter e desenvolver um produto com grande qualidade aqui na Paraíba. Nesse período trouxemos os melhores especialistas do Brasil no assunto, como Fernando Valadares, que teve oportunidade de conhecer e ensinar aos produtores e estes, a partir daquele momento, começaram a dar importância à qualidade do produto que faziam”, lembrou.

O analista falou ainda sobre a parceria com instituições de ensino e pesquisa, como a Universidade Federal da Paraíba, Universidade de São Paulo e Universidade Estadual de São Paulo no apoio à melhoria de técnicas na produção da cachaça e assistência aos produtores. “O objetivo do Sebrae sempre foi a qualidade do produto e sempre tivemos como foco principal o desenvolvimento da governança, a conquista e manutenção de novos mercados, para melhorar a eficiência na gestão empresarial, qualificação da mão de obra, fortalecer o cooperativismo, associativismo e a melhoria do processo de produção”, frisou.

A publicação do Mapa traz a história da cachaça, com linha do tempo e manual de degustação, além de abordar a evolução do mercado da bebida por meio de uma lista de 200 rótulos. Participaram da elaboração do trabalho os especialistas Andréia Gerk, Milton Lima, Luiz Arkhan e Jairo Martins. A obra, que tem versão em português e inglês, busca destacar a importância da cachaça como um dos mais significativos representantes da identidade do país, além de sua contribuição cultural, social e econômica ao longo da história.

O livro pode ser acessado gratuitamente, no link para download: https://snida.agricultura.gov.br/binagri/bases/agb/Agb_Docs_Fonte/BR2022001007.pdf

Confira a cachaças paraibanas que compõe a lista:

Turmalina da Serra – Areia

Vitória – Areia

Matuta – Areia

Gregório – Alagoa Grande

Maribondo – Guarabira

Serra Preta – Alagoa Nova

Jureminha – Guarabira

São Paulo – Cruz do Espírito Santo

Cigana – Cruz do Espírito Santo

Volúpia – Alagoa Grande

D’dil – Belém

Boa do Brejo – Areia

Serra Limpa – Serra da Raíz

Triunfo – Areia

W – Areia

Granraiz – Mamanguape

Baraúna – Alhandra

Nobre – Cruz do Espírito Santo

Caninha do Brejo – Alagoa Nova

Pai Vovô – São Domingos

Fonte: Assessoria Sebrae – PB