Documentário sobre ex-jogador paraibano Índio começa a ser gravado, em SP

46

O documentário ‘Índio, o herói de 57’, que contará a história do craque paraibano do futebol, Aluísio Francisco da Luz, o Índio, iniciará suas gravações, nesta sexta-feira (27). O produtor Fábio Henrique anunciou que as filmagens começará com locações em São Paulo.

O documentário será produzido através da parceria com o apresentador Tuca Noronha, e os produtores Vini Andrade e Renata Oliveira, da empresa Conteúdo de TV.

O set inicial escolhido foi a cidade paulista, onde Índio atuou no time do Corinthians, entre 1957 e 1959, e também na Seleção Paulista, onde era companheiro de ataque do Rei Pelé.

“Vamos começar a gravação desse projeto grandioso e que foi produzido com muito zelo e afinco. Contar a história de Índio é imprescindível para os amantes do futebol, os flamenguistas e corinthianos, os nordestinos, os paraibanos, todos merecem saber quem foi ou conhecer melhor o craque que encantou o país na década de 50 e 60. Será uma bela jornada, e ainda passaremos por outros locais de gravação, para detalhar e tornar ainda mais bonito nossa película”, afirmou Fábio Henrique.

A previsão é que o documentário seja lançado até o segundo semestre deste ano, com pré-estreia para convidados na sala de cinema do Flamengo, na Gávea, no Rio de Janeiro.

Em junho do ano passado, o livro biografia homônima ‘Índio, o herói de 57’, de Fábio Henrique, foi lançada no Rio de Janeiro, no hall do Museu do Flamengo, com a presença de ex-jogadores, membros da diretoria e torcedores.

Paraíba Já